O Facebook apresentou uma série de novidades sobre ferramentas de vídeo em seus produtos. Em especial, a companhia trouxe uma nova plataforma que permitirá aos usuários fazerem ligações de vídeo em grupos de até 50 pessoas, o Facebook Rooms, uma alternativa da empresa para concorrer com apps de videoconferência como Zoom, Microsoft Teams, Google Hangouts Meets e Cisco Webex.

Apresentado em uma live pelo cofundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, o Messenger Rooms permitirá a criação de salas de vídeo com 50 pessoas e sem limite de tempo: “Será possível criar salas de vídeo e chamar pessoas para participarem. Ele vai funcionar em todos os nossos apps e mesmo para pessoas que não têm nossos produtos. Basta enviar um link. Não precisa baixar nada para participar de uma sala de vídeo”.

A aplicação, que começa com criação de salas no Facebook e Messenger, em breve terá opção de criação no WhatsApp, Instagram Direct e Portal. Uma vez com a sala criada, o usuário pode compartilhá-la em sua linha do tempo, com grupos e criar eventos na rede social. Além disso, o usuário terá total controle para definir quem pode entrar em uma sala e bloquear o acesso de pessoas indesejadas.

“Rooms é bem diferente do que vemos por aí”, completou Zuckerberg.

Na call, Zuckerberg disse que o atual momento do novo coronavírus mostra o potencial que as ligações e plataformas de vídeo têm. E que elas podem ser a próxima plataforma de engajamento social. Deu como exemplo o fato de que WhatsApp e Messenger têm diariamente mais de 100 milhões de ligações de vídeo. E que lives no Facebook e Instagram possuem o engajamento de mais de 800 milhões de usuários diários (DAUs).

WhatsApp, Messenger e Instagram

Outra novidade apresentada por Zuckerberg foi a expansão do serviço de videochamadas no WhatsApp e novas ferramenta para Messenger, Instagram e Facebook Dating:

– No WhatsApp, a companhia dobrou a capacidade de pessoas em uma chamada de vídeo, de quatro para oito usuários por ligação;

– Para o Facebook, o recurso de Live With do Instagram (que permite fazer uma transmissão de vídeo com um amigo) chega à rede social;

– Outro novo recurso do Facebook é a criação de vídeos pagos e com botão de doação no Facebook Events, uma forma criada pela equipe do Events para ajudar comerciantes e criadores de conteúdo a angariar dinheiro durante a crise, como disse o CEO;

– Haverá opção para participar de lives só com áudio, inclusive com compartilhamento de número gratuito para ligação telefônica. O intuito aqui é ajudar pessoas que não têm acesso à web ou possuem pouco acesso à rede;

– No Instagram, a rede social imagética terá opção de acesso no desktop a vídeos e lives do Instagram Stories, que poderão ser armazenadas no IGTV ampliando assim a possibilidade de pessoas reverem as gravações por um período mais longo que 24 horas;

– O Messenger recebe recurso de inteligência artificial com o fundo imersivo em 360º e luz baseada no clima (mood lightning).

Disponibilidade

Zuckerberg explicou que Rooms estava em testes em algumas localidades, e chegará em outros países, além dos Estados Unidos, nas próximas semanas e em todo mundo nos próximos meses. Por sua vez, a expansão no WhatsApp Group Calls e ferramentas de Facebook, Messenger e IGTV chegarão em breve, mas sem data prevista. O serviço do Dating chega nos próximos meses. E os novos recursos do Messenger de IA e de acesso às lives do Instagram no PC já estão disponíveis.

Fonte: site MobileTime